3 dicas para escolher a chapinha ideal para cada tipo de cabelo!

Um dos equipamentos mais amados de beleza é, sem dúvidas, a chapinha! Por sua praticidade e versatilidade, em poucos minutos consegue-se fazer mil e um estilos de cabelo, do superliso às ondas praianas. Além disso, por sua natureza de ‘prensar’ o cabelo, ela ainda oferece o bônus de dar brilho e eliminar o frizz — isso se você estiver usando a chapinha correta!




Sim, apesar das muitas opções no mercado, chapinha não é “tudo a mesma coisa” e, na verdade, usar a prancha errada pode ser a receita para um cabelo seco e sem vida. Cada cabelo tem sua particularidade e, na hora de comprar, é preciso estar atento aos detalhes para fazer a escolha adequada, pensando na saúde dos fios e no efeito desejado. Por isso reunimos 3 dicas fundamentais que farão você acertar a compra e desfilar cabelos com efeito de salão à qualquer hora. E , claro, te damos o caminho das pedras de onde encontrar todos os produtos.



DE OLHO NA TEMPERATURA

O primeiro ponto a ser levado em conta na hora de escolher uma chapinha é a temperatura, pois cada tipo de cabelo pede um calor diferente. Quem tem cabelo fino, não deve passar dos 180ºc, para não queimar os fios; já quem tem cabelos mais grossos e volumosos, pode chegar até 200ºc para facilitar o processo. Por outro lado, quem tem o cabelo frágil ou com química, jamais deve passar dos 150ºc! Há também chapinhas que oferecem a opção de regular a temperatura, elas são ideais para quem vai usar profissionalmente.




DE CERÂMICA OU DE METAL?

Por muito tempo as pranchas de metal fizeram sucesso pela possibilidade de atingir temperaturas altíssimas, mas com o avanço da tecnologia, hoje sabemos que elas perigosíssimas para os cabelos! Já no caso das chapinhas de cerâmica, o calor é equilibrado e a temperatura se mantém estável, evitando passar várias vezes na mesma mecha — isso facilita o processo e evita queimaduras. Além da cerâmica, ainda há as chapinhas de íons, que fecham a cutícula do cabelo e, por isso, são ideais para controlar o frizz na raiz.




ATENTO AO FORMATO

Prestar atenção no formato da prancha também é essencial, dependendo do uso que você dará. Um ponto importante é o cabo: os giratórios facilitam fazer em si mesma e fazer cachos, enquanto cabos grandes facilitam o acesso à tomadas (quem nunca precisou ficar toda torta porque a tomada era longe do espelho?). Já em relação ao tamanho, quanto mais fina, mais fácil de manusear e trabalhar cabelos curtos e finos. Para cabelos extra longos, pranchas mais largas agilizam o tempo!




FONTE: https://revistaquem.globo.com/Lifestyle/noticia/2020/10/3-dicas-para-escolher-chapinha-ideal-para-cada-tipo-de-cabelo.html

One thought on “3 dicas para escolher a chapinha ideal para cada tipo de cabelo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *